SEJA BEM VINDO!

BLOG DA PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO DE PARADA DE LUCAS

ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO

PÁROCO PE. JERÔNIMO PESSANHA

29 de mar de 2014

CONFISSÕES EM PREPARAÇÃO PARA A PÁSCOA

CONFISSÕES EM PREPARAÇÃO PARA A PÁSCOA

02/04   N.Senhora da Conceição e São Justino
03/04   Paróquia S Sebastião de Lucas
07/04   Senhor do Bonfim
08/04   Santo Antonio
09/04   S Rafael Arcanjo
10/04   Paróquia Jesus Ressuscitado

EM NOSSA COMUNIDADE, CONFISSÕES A PARTIR DAS 19:30h


REFLEXÕES SOBRE A CF 2014


23 de mar de 2014

EXPOSIÇÃO DE RÉPLICAS: BRASIL DE PORTINARI em nossa comunidade


A mostra "O Brasil de Portinari" propõe a apresentação de uma série de réplicas, como forma de promover ações que integrem educação e cultura na valorização da identidade brasileira. A entrada do público é gratuita.

19 de mar de 2014

PALESTRA SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


Avisos semanais - 16 a 22 de março

Boa tarde meus irmãos e minhas irmãs !

Segue os nossos avisos da semana.

- Continuam abertas as nossas inscrições para :

* Batismo todo Domingo após a Missa das 9hs.

* Catequese, Crisma e Catequese especial após a Missa das 9hs.

* Coroinhas, procurar a Celeste Alves.


* O Pré- vestibular está precisando de professores voluntários, inclusive de Geografia e Língua Estrangeira.

- 19/03 (4ª feira) Missa São José, as 20 hs. Rua Otranto 261 Capela São José Operário.

- 21/03 (6ª feira) Via Sacra no Setor Domingos, Bom Pastor e Nossa Senhora da Conceição. Local: Rua Dante, 86.

- A Pastoral da Sobriedade convida para palestra " Quem bate em mulher machuca a família inteira" dia 26/03 às 19:30.

- Via Sacra sobre as dores de Nossa Senhora, todo sábado às 18hs, local: Praça XII .

- Romaria Arquidiocesana para Aparecida do Norte. Informações com Claudia, Eremita e Jurema.

- Inscrições para aula de violão. Todos Domingos após a Missa das 09 hs com a Fernanda.

Que Deus abençoe e que tenham todos uma ótima semana.

INTENÇÃO DO MÊS - MARÇO 2014 - APOSTOLADO DA ORAÇÃO

INTENÇÃO DO MÊS - MARÇO 2014

UNIVERSAL
Respeito pela dignidade da mulher
Em muitas partes do mundo, a dignidade da mulher não é respeitada. E em determinadas regiões e nações a discriminação da mulher é de tal modo gritante que ficamos chocados com o facto de ainda existirem no nosso mundo tais situações. Estou a pensar na Índia, na China, no Irão, no Afeganistão e noutros países onde a dignidade da mulher é espezinhada. Refiro-me, por exemplo, a casamentos prematuros e sem consentimento das raparigas (que, em muitos casos, são ainda crianças), à proibição de estudar, de conduzir, etc.
Também no chamado primeiro mundo, pretensamente civilizado, existem formas de desrespeito em relação à mulher, mais sofisticadas, mas não menos atentatórias dos direitos da mulher: diferença de salário entre homens e mulheres que fazem o mesmo trabalho, dificuldade em aceder a determinados lugares na política e na vida social em geral, entre outras.
Afirmou, há já cinquenta anos, o Concílio Vaticano II: «(...) deve superar-se e eliminar-se qualquer forma social ou cultural de discriminação quanto aos direitos fundamentais da pessoa, ainda não respeitados em muitas partes» (GS 29).
Torna-se, portanto, necessária uma mudança de mentalidade, por parte da sociedade em geral, para que a mulher ocupe o lugar a que tem direito, seja em que campo for.
É da responsabilidade de todos que se vá tornando verdade aquilo que o já citado Concílio Vaticano II augurava, na Mensagem final, em relação à mulher: «Vem a hora, chegou a hora, em que a vocação da mulher se realiza em plenitude, a hora em que a mulher adquire no mundo influência e alcança um poder jamais alcançado até agora. Por isso, neste momento em que a humanidade conhece tão grande mudança, as mulheres (...) tanto podem ajudar para que a humanidade não decaia».
Unamos a nossa oração à do Santo Padre, que já declarou que, também na Igreja, a mulher ainda não desempenha o papel que devia desempenhar, e todos trabalhemos por uma igualdade completa entre homens e mulheres, como filhos de um Deus que é Pai e Mãe.

PELA EVANGELIZAÇÃO
Que os jovens respondam ao chamamento do Senhor
Todos os cristãos são chamados à santidade, chamamento que decorre do baptismo. O chamamento do Senhor é universal, mas as respostas são variadas, de acordo com a vocação que Ele deu a cada um. Esta resposta pode ser a constituição de uma família pelo matrimónio; uma vida de solteiro, de dedicação e serviço ao próximo, e a vida religiosa, à qual se refere mais directamente a Intenção pela Evangelização deste mês.
Em todas estas respostas, a iniciativa é sempre de Deus que nos mostra o caminho que devemos trilhar. Pertence-nos a nós tomar esse caminho e seguir por ele para onde o
Senhor nos levar. Foi isso que aconteceu com os apóstolos: Jesus chamou-os de entre os muitos que O seguiam e hoje continua e continuará sempre a chamar aqueles que Ele quer.
A vida religiosa é, como já dissemos, uma forma particular de responder ao chamamento à santidade. O motivo principal da eleição daqueles que o Senhor chama é necessariamente a dedicação total ao serviço de Deus no próximo, por meio do anúncio do Evangelho.
Mas a resposta daqueles que o Senhor chama nem sempre é positiva, como aconteceu com o jovem de que nos fala o Evangelho (cf. Mt 19, 16-21). Daqui a necessidade da oração para que nunca faltem na Igreja homens e mulheres que dediquem as suas vidas ao serviço dos outros.
Unimo-nos, portanto, ao Santo Padre e rezamos para que sejam muitos aqueles que escutam a voz do Senhor que os convida. Rezemos também para que os jovens encontrem a ajuda e o conselho de alguém que os oriente pelo caminho que Deus escolheu para eles. Rezemos ainda pela renovação da vida religiosa no nosso tempo, já que esta renovação será um apelo silencioso, mas importante, para que muitos queiram enveredar pelo caminho que outros já empreenderam e nos quais descobrem a dedicação total aos outros por meio do anúncio do Evangelho que é feito, antes de mais, pela sua vida.
António Coelho, s.j