SEJA BEM VINDO!

BLOG DA PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO DE PARADA DE LUCAS

ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO

PÁROCO PE. JERÔNIMO PESSANHA

26 de dez de 2012

MISSAS DA PASSAGEM DE ANO

ATENÇÃO PARA O HORÁRIO DAS MISSAS:

DIA 31 DE DEZEMBRO -19H30

DIA 1º DE JANEIRO - SOMENTE ÀS 9H

DESEJAMOS UM ABENÇOADO ANO NOVO PARA TODOS.

23 de dez de 2012

JMJ Rio 2013 terá Halleluya, Hallel e PHN

JMJ Rio 2013 terá Halleluya, Hallel e PHN

20-12-2012 
 
Tags: JMJ, JMJ Rio 2013, Halleluya, Hallel, PHN

Os três principais e já tradicionais eventos católicos do País, Halleluya, Hallel, e Por Hoje Não, conhecido pela sigla PHN, já fazem parte da programação do Festival da Juventude da JMJ Rio2013. Com inscrições abertas até 25 de dezembro, o Festival da Juventude acontecerá de 22 a 26 de julho de 2013, dentro da programação da JMJ Rio2013.
O Halleluya, promovido sempre pela Comunidade Católica Shalom, é o maior festival de artes integradas do Brasil. Surgiu em 1997, em Fortaleza, Ceará, quando os líderes da Comunidade pensaram em fazer um evento para os jovens cearenses e turistas como “uma opção sadia e segura de lazer no final das férias de julho”, conforme a comunidade descreve o festival. Atualmente, o evento acontece em vários estados do Brasil e internacionalmente, como em Israel e Roma.
Outro evento de sucesso é o Hallel, fundado em 1988, em Franca, São Paulo, por Maria Theodora Lemos Silveira, chamada carinhosamente pela comunidade de Tia Lolita. Uma mãe muito católica, preocupada com seus filhos músicos e roqueiros, que decidiu na época, tirando como exemplo o Rock in Rio, criar um movimento que agregasse jovens, música e debates- hoje chamados módulos dentro do evento-, mas que fossem em louvor a Deus. Foi assim que nasceu o Hallel, em família e com muita fé. Acontece também em outros sete países: Chile, Paraguai, México, Peru, Colômbia, Estados Unidos e Uganda.
O PHN, Por Hoje Não, é da Comunidade Canção Nova, e acontece em Cachoeira Paulista, São Paulo. O evento "aconselha e ajuda jovens a se guiar no cotidiano longe do pecado". Segundo o site da Canção Nova, o PHN “representa a maneira pessoal de estar de acordo com Deus. Ele nos permite recomeçar a cada dia”. A Canção Nova trabalha com acampamentos. E o do PHN é um dos maiores eventos da comunidade, trazendo milhares de jovens de todos os lugares do país. O idealizador do evento é o músico e missionário Dunga, que criou o PHN com o objetivo de ter um acampamento com música, luau, workshop, missas, tudo para os jovens se aproximarem cada vez mais de Deus com o lema “Por Hoje Não, por hoje não vou mais pecar”.
Os cantores do Hallel se apresentam na terça, 25 de julho, Halleluya, de 23 a 26 de julho, PHN na sexta, dia 26.
A programação completa do Festival da Juventude será divulgada em março, mas já se sabem os principais locais das atrações: Sambódromo, Aterro do Flamengo, Praia de Ipanema, Museu de Belas Artes, Museu Histórico Nacional e Rio Centro.

Fonte: http://www.comshalom.org/noticias/exibir.php?not_id=7198

13 de dez de 2012

SOLICITAÇÃO DO PE. SÉRGIO

AMIGOS E AMIGAS,
ESTÁ SENDO REFORMADO O PISO DA MATRIZ E, POR ISSO, OS BANCOS ESTÃO DO LADO DE FORA DA IGREJA.
SENDO ASSIM, O PE. SÉRGIO PEDE A TODOS OS QUE PUDEREM, PRINCIPALMENTE AOS JOVENS, QUE AJUDEM NA ARRUMAÇÃO DA PARÓQUIA NO DIA 15 D
E DEZEMBRO ÀS 15H.
PRECISAMOS COLOCAR OS BANCOS NO LUGAR E DEIXAR NOSSA PARÓQUIA MUITO LINDA PARA A FESTA QUE TEREMOS NO DIA 16 DE DEZEMBRO.
CONTAMOS COM A AJUDA DE TODOS!
FIQUEM NA PAZ QUE VEM DE DEUS!

2 de dez de 2012

Escolha do novo local para a Vigília e Missa da JMJ Rio2013

Coletiva de imprensa aborda a escolha do novo local para a Vigília e Missa da JMJ Rio2013

29/11/2012 - II ENCONTRO PREPARATÓRIO


Os locais onde acontecerão a Vigília e a Missa de Encerramento da JMJ Rio2013, as fazendas Vila Mar e Mato Alto, no bairro de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, foram o principal tema da coletiva de imprensa feita no final da manhã do dia 28 de novembro, último dia do II Encontro Preparatório para a Jornada Mundial da Juventude Rio2013.
Estiveram reunidos, no Hotel Windsor Guanabara, no Centro da Cidade, para o anúncio do local, o presidente do Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), Cardeal Stanislaw Rylko, o arcebispo do Rio e presidente do Comitê Organizador Local, Dom Orani João Tempesta, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do Brasil, Gilberto Carvalho, e o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.
O local, em que hoje há dois terrenos particulares, tem 3,5 milhões de metros quadrados, sendo três vezes maior que o terreno utilizado em Madri. Segundo o Arcebispo do Rio, a decisão foi tomada após entendimentos com o governo federal, com a área militar e com todas as condições colocadas.
“O prefeito já se encarregou de olhar e verificar e nós tivemos lá para conhecer o responsável pelo loteamento onde será o altar em que o Papa vai celebrar a Missa de Envio. Ele disse que o loteamento é de 1958 e que, na época, Dom Jaime de Barros Câmara procurava o local para a Catedral do Rio de Janeiro. Ali teria sido doado, segundo os jornais da época, um terreno para a futura Catedral do Rio de Janeiro. Mas, a Catedral acabou sendo no Centro da Cidade. Então, a gente vê pela providência um sinal muito bonito que a providência colocou para nós: agora, teremos essa celebração da juventude”, frisou.
Dom Orani também destacou que todos serão beneficiados muito com a JMJ enquanto um belo momento de valor, de experiência e de fraternidade entre pessoas de países que, muitas vezes, estão em guerra e ou que não têm relacionamento diplomático.
“Aqui os jovens, bispos e padres estarão em paz, rezando juntos, e estarão convivendo na fraternidade. Esperamos conhecer pessoas que superam as divisões de países e convivem na fraternidade. Temos a esperança de um amanhã melhor. Essa é a nossa busca. Colocamo-nos a serviço da Igreja, do povo de Deus e da juventude do futuro, sabendo que é um serviço de esperança, para que o mundo possa melhorar”, explicou.
O prefeito do Rio disse que a proposta do local já havia sido apresentada a Dom Orani e ao Cardeal Rylko e eles já tinham gostado e a conclusão só estava dependendo da aprovação do Vaticano, que deu o aval para a realização dos Atos Centrais em Guaratiba. De acordo com Eduardo Paes, sob o ponto de vista de logística e mobilidade das pessoas que vão ao local serão construídos planos de ação para que tudo corra de forma adequada.
“Já estamos trabalhando em cima dos planos de mobilidade, transporte e segurança”, afirmou.
O prefeito também ressaltou que a JMJ deixará um grande legado para a Zona Oeste da cidade. “Já é um legado para a cidade do Rio de Janeiro porque é uma área que mais precisa de intervenção e investimento. A população da Zona Oeste vai receber com muita alegria essa multidão de jovens que vem para cá”, destacou.
O diretor da empresa Dream Factory, Jomar Junior, afirmou que toda a preparação do terreno vai ser feita levando-se em consideração a acessibilidade para os deficientes físicos e a preocupação com o meio ambiente.
“Na questão de acesso para os deficientes vai ser criado um sistema de transportes. Certamente serão criados pontos de encontro para deficientes que desejarem serem transportados desta forma. Diversas pessoas deficientes preferem serem transportadas com o seu grupo e não de forma separada. Mas, vai existir uma questão especial para os transportes de deficientes para os que desejarem. Além disso, o segundo terreno tem que ser estudado dentro das possibilidades e das necessidades de preparação, obviamente tomando todo cuidado com o meio ambiente”, destacou.